(11) 98301-4606
 
Tipo:
Finalidade:
Cidade:
Código:
ATENDIMENTO
(11) 2804-2658
cape@capeimoveis.com.br
Boa Noite, hoje é dia 15 de Julho de 2018 - São Paulo / SP
cape@capeimoveis.com.br
Em Construção
Prontos para Morar
Apartamento 1 dormitório
Apartamento 2 dormitórios
Apartamento 3 dormitórios
Apartamento 4 ou + dormitórios
Casa
Casas de Vila
Casa em Condomínio
Casa tipo Apartamento
Sobrado
Sobrado em Condomínio
Sala Comercial
Casa Comercial
Sobrado Comercial
Galpão
Sítio
 
Apartamento 1 dormitório
Apartamento 2 dormitórios
Apartamento 3 dormitórios
Apartamento 4 ou + dormitórios
Kitnet
Casa
Casas de Vila
Casa em Condomínio
Casa tipo Apartamento
Sobrado
Sobrado em Condomínio
Sala Comercial
Salão Comercial
Conjunto Comercial
Casa Comercial
Sobrado Comercial
Prédio Comercial
Galpão
Loja
Cadastros PESSOAS
Cadastros IMÓVEIS
Cartilha LOCAÇÃO
Prestadores SERVIÇOS mudanças, marcenaria, limpeza e outros
Serviços DETALHES
PALAVRA DE DEUS Parábolas de Jesus
PALAVRA DE DEUS Reflexões
PALAVRA DE DEUS Ilustrações
» O juiz iníquo  
O juiz iníquo

RESUMO DA PARÁBOLA

Nessa parábola temos dois personagens principais: Um juiz e uma viúva. A viúva tinha uma causa justa contra um adversário que não é revelado no texto. O que se vê é que ela desejava ardentemente que o juiz julgasse sua causa, fazendo justiça. O juiz a desprezou várias vezes ignorando o seu pedido. No entanto, pela insistência da viúva, e pela importunação que ela causava a ele, o juiz decide que iria julgar a causa.
 

EXPLICAÇÃO

O juiz dessa parábola representa o lado mais forte da sociedade. O cargo que ocupava demonstrava que era alguém muito importante e que não temia nada nem ninguém. Era poderoso e iníquo (ou seja, não era um juiz justo). A viúva representa o extremo frágil e sem recursos. As viúvas eram marginalizadas na sociedade dos tempos de Jesus, porém, essa viúva através da sua busca justa, convenceu um juiz injusto a julgar corretamente sua causa.

LIÇÕES DA PARÁBOLA

O tema central da parábola é a oração perseverante. O texto já revela isso logo no início: “Disse-lhes Jesus uma parábola sobre o dever de orar sempre e nunca esmorecer” (Lc 18. 1). A viúva é a personagem que nos mostra que devemos buscar a solução das nossas causas justas. Observe que ela não busca vingança contra seu adversário, antes, busca que o juiz dê o ganho de causa a ela, pois tinha certeza que estava correta. Isso mostra fé da parte dela. Podemos identificar essa viúva com os servos de Deus.

Deus ouve as orações e faz o que é correto. Esse juiz iníquo faz um contraste com o juiz justo, que é o Deus todo poderoso. Se um juiz iníquo ouviu uma pessoa das mais simples e humildes da sociedade, e julgou a sua causa, Deus, o todo poderoso juiz justo, não iria fazer muito melhor do que isso? Com certeza! Por isso, o texto mostra claramente essa verdade: “Não fará Deus justiça aos seus escolhidos, que a ele clamam dia e noite, embora pareça demorado em defendê-los?” (Lc 18. 7)

Deus não é demorado em responder ao clamor de seus servos. A ansiedade da viúva certamente era muito grande para ver a sua situação resolvida. Porém, precisou de vários encontros com o juiz para que ele a atendesse. Precisou ser resistente e persistente. Deus faz todas as coisas no tempo certo. A nossa ansiedade e imediatismo muitas vezes destroem a nossa persistência e a nossa fé. A parábola termina dizendo que Deus faz justiça depressa e não demorada. “Digo-vos que, depressa, lhes fará justiça.” (Lc 18. 8). Assim, se um juiz humano e iníquo consegue trazer soluções para as questões apresentadas a Ele, Deus muito mais!

Existe fé verdadeira nas orações das pessoas? A conclusão da parábola é impressionante. Jesus derruba a questão do imediatismo e mostra que na realidade o que falta muitas vezes nas pessoas é a fé. A viúva teve fé, mas muitos não têm. Com uma pergunta de efeito Jesus questiona se aqueles que vêm até Deus com suas orações serão como a viúva cheia de fé perseverante ou não. “Contudo, quando vier o Filho do Homem, achará, porventura, fé na terra?” (Lc 18. 8)

 

Clique na imagem abaixo para ver o capítulo 18 de Lucas na Bíblia on Line, versão NVI: 

  Quem Somos  |  Pesquisa Completa  |  Venda seu Imóvel  |  Fale Conosco
(11) 2804-2658
CAPE imóveis - Corretores Associados Penha & Edson
EDSON ALVES DOS SANTOS
Corretor de Imóveis - CRECI-SP: 136.693-F

Rua Roberto Sampaio Penna, 233 - Jardim Martinica 
05759-280 - São Paulo - Capital

cape@capeimoveis.com.br

 
Site para Imobiliarias
Site para Imobiliarias